Sexta-feira, 17 de agosto de 2018
Bom dia!

Perguntas Frequentes

CERTIFICADO DIGITAL

 

1. Qual a diferença entre o certificado digital A1 e A3?

O certificado digital A1 não necessita de tokens ou smart cards (cartão), que são dispositivos móveis como os pendrives, podendo ser utilizados em vários computadores para validação dos dados. Para sua instalação, é necessário informar a senha criada, porém, esta senha não será mais requerida depois da sua instalação. Esse certificado possui validade de um ano.

Já o certificado digital A3 possui estrutura física, pois fica armazenado em um token ou smartcard (cartão), podendo ser levado de um local para outro sem a necessidade de utilização em um único computador autorizado. Basta informar a senha para que os dados sejam assinados com segurança toda vez que o dispositivo for utlizado. Já este certificado possui validade de três anos.

 

2. Qual certificado é melhor?

Como ambos oferecem níveis altos de segurança e confiabilidade, fica a critério do usuário definir qual o melhor certificado adquirir.
Para o certificado digital A1, sua principal vantagem está no fato de que o próprio computador terá o poder de realizar a assinatura digital. Se a sua empresa emite uma grande quantidade de notas fiscais por dia, é um ponto a ser considerado pela agilidade.

Se você já tem preferência pela mobilidade, provavelmente o certificado digital A3 será o que melhor se encaixará na sua rotina, pois pode ser levado para qualquer lugar. Se você perdê-lo, por exemplo, não há razão para se preocupar com a utilização por terceiros, pois não é possível copiar os dados para utilização por parte de terceiros.

Esse é, inclusive, um fator determinante para os dois tipos de certificados digitais. O nível de segurança das operações é completamente confiável, tendo fé pública e sendo aceito até mesmo em tribunais como legítima validação de identidade por parte dos seus detentores.

 

 

CONTABILIDADE

 

1. Quais documentos preciso mandar para o escritório para fazer a contabilidade?

Para que as informações contábeis da empresa sejam geradas corretamente é indispensável que seja encaminhado em tempo hábil ao escritório, os seguintes documentos:
- Documentos de Saída (Nota Fiscal de venda de mercadorias, produtos e prestação de serviço, Redução Z, Nota Fiscal de Consumidor);
- Notas Fiscais de entrada (compras para revenda, industrialização, uso e consumo, transferências, amostras, bonificações, ou quaisquer outra natureza de operação adquirida pelo estabelecimento);
- Na aquisição de imobilizado, tais como: veículos, máquinas, equipamentos, bens móveis e imóveis, devem ser enviados, Recibos de transferência, escrituras, contratos de compra e venda, notas fiscais, promissórias;
- Financiamentos que a empresa venha a contrair com alguma instituição financeira, bem como seus pagamentos;
- Extratos bancários mensais de toda movimentação financeira da empresa (conta corrente, aplicação);
- Despesas mensais da empresa: recibos de luz, água, telefone, aluguel, fretes, folhas de pagamento dos funcionários, combustível, reparos, entre outras despesas que venham a ocorrer;
- Impostos e contribuições pagos.

 

IRPF

 

1. Quais os documentos necessários para Declaração de Imposto de Renda?

- Título de Eleitor;
- CPF;
- Endereço;
- Profissão;
- Comprovante de Rendimentos Recebidos da Pessoa Jurídica ou da Pessoa Física (todas as rendas recebidas no ano);
- Extratos Bancários (conta corrente e conta aplicação)com saldo em 31/12/2015;
- Escrituras;
- Documento do carro (data e valor da aquisição);
- Dependentes (nome, data nascimento e CPF);
- Despesas Médicas (exames laboratoriais, consultas médicas, consultas odontológicas, notas de hospitais em nome do declarante ou dependente se houver);
- Despesas com instrução (faculdade, colégio, pós-graduação, mestrado, doutorado, em nome do declarante ou dependente se houver);
- Carnê Leão (se houver);
- Carnê INSS da empregada doméstica (se houver).

SE PRODUTOR RURAL

Além dos documentos acima:
- Modelo 15;
- Relação de implementos agrícolas;
- Despesas do livro caixa (combustíveis, fertilizantes, inseticidas, herbicidas, sementes, ração, Nota Fiscal de compra de equipamentos e demais despesas relacionadas com a atividade agrícola);
- Contratos de financiamento da agricultura, bem como os extratos dos mesmos.

 

TRIBUTAÇÃO

 

1. Quais os regimes de tributação federal existentes?

Existem três tipos de regime de tributação federal no Brasil:
Simples Nacional: apuração dos impostos é unificada. Existe um limite de receita de 3,6 milhões anual para fazer parte deste regime. As alíquotas de cobrança dependerão da margem de lucro e atividade desenvolvida.
Lucro Presumido: apuração dos impostos de acordo com um percentual de presunção, de acordo com o segmento, aplicado sobre o faturamento da empresa.
Lucro Real: apuração dos impostos da empresa de acordo com seu lucro real.